Brasil – RenovaBio

No dia 27 de abril, o Brasil deu o passo final para a plena implementação da sua Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio): os créditos de descarbonização (CBIO) começaram a ser vendidos na bolsa de valores brasileira pelos produtores certificados de biocombustíveis.

Um CBio corresponde a uma redução de uma tonelada de equivalente de dióxido de carbono (CO2eq), em comparação às emissões de combustíveis fósseis.

Os distribuidores de combustíveis fósseis no Brasil, que têm metas anuais obrigatórias de redução de emissões de carbono a serem cumpridas, são os principais compradores do CBIO.

Os biocombustíveis importados também podem beneficiar deste esquema.

O programa RenovaBio oferecerá aos consumidores opções de combustível mais sustentáveis, promoverá a diversificação contínua da matriz energética do Brasil e promoverá investimentos em processos de produção e conversão de matérias-primas mais eficientes e com menor carbono.

Partilha